Manual de sobrevivência tosco para o Dia das Bruxas

Reflexo da tal da globalização, o Halloween, ou Dia das Bruxas, vem sendo cada vez mais comemorado nesta Terra Brasilis, para desespero dos nacionalistas. Por isso, o Toscorento preparou algumas dicas pra curtir a celebração pagã.

Halloween não é Halloween sem fantasia. Esqueça as tradicionais máscaras de Drácula, monstro de Frankenstein ou mortos-vivos. Por cerca de US$ 30 você pode adquirir em sites dos EUA os “adereços” oficiais do Slipknot. Somente na “psycholand”, como meu colega Fernando Trevas Falcone chama carinhosamente os EUA, poderia surgir uma banda de metal formada por 9 caipiras de Iowa que sobem ao palco com máscaras dignas do Leatherface.

Se o seu negócio é passar o Halloween em frente ao computador, a sugestão vai para a programação temática da TV on line Joost , que traz pérolas como um episódio especial do fofos e sanguinolentos Happy Tree Friends; a versão original de A Pequena Loja dos Horrores, dirigida por Roger Corman em 1960, com um jovem Jack Nicholson no elenco; ou o mais que tosco Teenage Bikini Vampire, produção de 2004 dos picaretas da Troma.

Se você vai viajar pros States, aproveite pra curtir filmes que têm tudo a ver com a data. A refilmagem de Halloween assinada por Rob Zombie estreou há alguns meses mas ainda pode ser encontrada em algumas salas de Nova York e Los Angeles. Já o divertido musical de Tim Burton (dirigido por Henry Selick) O Estranho Mundo de Jack voltou às salas norte-americanas no último dia 19 em uma versão 3D. Imperdível!

Já quem fica por aqui pode participar da edição 2007 da Zombie Walk, a ser realizada simultaneamente no Rio e em São Paulo no dia de finados (2). As concentrações ocorrem às 15h no vão livre do MASP (em Sampa) e em frente ao Copacabana Palace (no Rio). Os mortos-vivos paulistanos ainda poderão desfrutar de uma balada no Outs, na r. Augusta, a partir das 18h. Mas atenção, só poderão entrar aqueles que estiverem vestidos de zumbis e, claro, desembolsarem R$ 10.

Por fim, Halloween verde-e-amarelo tem de ter monstros nacionais. No Porta Curtas da Petrobras é possível assistir a Curupira, ótimo e premiado curta de Fábio Mendonça e Guilherme Ramalho, que mostra o encontro de uma menina reprimida com o ser do folclore brasileiro. Destaque para os efeitos digitais que dão vida ao menino de pés invertidos e cabelos de fogo.

Para encerrar, nada melhor que um papo com o pai do cinema de terror brasileiro. Este que vos escreve teve a honra de falar com José Mojica Marins, o criador do Zé do Caixão. Por telefone, Mojica disse que Encarnação do Demônio, longa que fecha a trilogia composta ainda pelos clássicos À Meia-noite Levarei sua Alma (1964) e Esta Noite Encarnarei no teu Cadáver (1967), deve ser lançado no dia 13 de março de 2008, data em que o cineasta completa 72 anos. Nos próximos meses Mojica deve rodar algumas cenas adicionais para o filme, além de iniciar a elaboração da trilha sonora. A distribução, para alívio dos fãs, está garantida. “A Fox está no projeto desde o início”, garantiu o diretor.

Confira o trailer, enquanto Encarnação do Demônio não chega às telas.

1 Comment

  1. Muito bom seu Blog!
    Tenho um tbm http://www.kallell.blig.com.br
    visita lá, o seu táh como blig de amigo.

    vlw
    abraços!!!


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s