Uma década sem os toscos do Faith No More

Há exatos 10 anos, em 19 de abril de 1998, era anunciado o fim de uma das bandas mais legais das últimas duas décadas, o Faith No More. Mas o que o antigo grupo do “esquizofrênico” Mike Patton faz no Toscorento?

O Fenemê é dono de alguns dos clipes mais toscos de todos os tempos. Em “Falling to Pieces” peixes explodem, uma caveira canta e Patton aparece vestido como um cirurgião maluco. “Last Cup of Sorrow” é uma adaptação bizarra do clássico Um Corpo que Cai, com direito ao barbudo baixista Billy Gould – um dos membros originais do Brujeria – vestido como a personagem de Kim Novak no filme de Hitchcock. Mas o campeão é “Easy”, a cover do sucesso mela cueca dos Commodores traz a banda em um quarto de hotel acompanhada por musculosas drag queens.

Por falar em covers, o “lado B” do single de “Evidence” é “I Wanna Fuck Myself”, singela canção de G.G. Allin, um dos performers mais escrotos do punk rock. Morto por uma overdose de heroína em 1992, Allin costumava praticar automutilação e coprofagia no palco, “fetiche” compartilhado – reza a lenda – por Mike Patton, que, numa atitude digna de G.G. Allin, encara uma chuva de cusparadas da platéia durante um show no Chile em 1995 (veja no vídeo abaixo).

Quem conheceu um pouco do gosto de Patton por bizarrices foi João Gordo. Durante a passagem do Faith no More pelo Brasil em 1991, o então apenas vocalista do Ratos de Porão ganhou de Patton um VHS intitulado Video Macumba. A fita contém o clipe de “Travolta” do Mr. Bungle – a banda original do cantor do FNM, misturado a cenas de escatologia, mutilação genital e violência real, como célebre suicídio de Budd Dwyer, político norte-americano que deu um tiro na própria boca durante uma entrevista coletiva em 1987. Resultado: “Video Macumba” virou uma música do álbum “Just Another Crime in the Massacreland” (1993) do R.D.P.

8 Comments

  1. Galera, quem disse que o baixista do Faith no More está barbudo na foto de cima????????aliás, ele já foi barbudo alguma vez?? Quem escreveu essa “curta” sabe de quem está falando ??????Pelo amor de Deus !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Sem duvida, uma das melhores banda de Rock dos anos 90.
    Uma pena Mike Patton não quere nem ouvir a ideia, de banda voltar a tocar juntos novamente

  3. Ainda bem que temos Mike %!@$&@#Burdin destruindo com o I can”t %!@$&@#hear you……

  4. Faith no more foi uma das bandas mais legais que existiram hoje só tem lixo!

  5. Sou fã do Faith No More e pra mim Mike Patton é “O Cara”, porém pelas bizarrices contidas no vídeo macumba, eu admito q ele ñ deve ser flor q se cheire…

  6. Se servir para consolar os fãs do FNM (do qual tenho o disco “King for a Day, Fool for a Lifetime”, em edição especial com a faixa “I Started a Joke”), o Mike Patton foi o responsável pela sonoplastia do filme “Eu sou a Lenda”. Aqueles gritos dos zumbis eram a voz do próprio Patton com efeitos especiais.

  7. […] guitarrista da formação original – para uma turnê pela Europa. Há menos de um ano publiquei um texto lembrando os 10 anos do fim da banda. Nunca me imaginei escrevendo sobre o seu […]

  8. eu amo muito o faith.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s