Curtas e toscas

Os moradores de Austin, Texas, devem ter tomado um susto no dia 26 de janeiro. Placas de trânsito eletrônicas, que normalmente avisam motoristas da Lamar Boulevard sobre um retorno para a Martin Luther King Jr., traziam os seguintes alertas: “Cuidado! Zumbis à frente!” e “Zumbis nazistas! Corra!”

Óbvio que tudo não passou de uma brincadeira feita por hackers que invadiram o sistema da “CET” local. Não houve acidentes por causa dos avisos, as pessoas apenas diminuíam a velocidade no local para tirar fotos das placas.

Em 2006, Emily Hagins, então com apenas 12 anos, decidiu dirigir seu primeiro longa-metragem, Pathogen, sobre uma infecção bacteriológica que provoca uma epidemia de zumbis em… Austin, no Texas. A menina lançou o filme no circuito independente e foi tema até de uma reportagem da revista “Teen Vogue”. Emily se prepara para rodar The Retelling, um thriller sobrenatural, e é tema de um documentário, Zombie Girl: The Movie, sobre os bastidores de Pathogen. Veja o trailer abaixo.

Por fim, uma nota triste. Morreu na última quarta-feira, 4, aos 62 anos, vítima de problemas cardíacos preexistentes, Lux Interior, o exótico vocalista dos Cramps. Nascido Erick Lee Purkhiser, Lux e sua esposa, a guitarrista Poison Ivy, capitaneavam a banda de punk e rockabilly há quase 4 décadas, sempre inspirados pelos filmes B em suas letras e capas de discos. O figurino do casal nos palcos e clipes, aliás, era um show à parte. Com muito couro e salto-alto, o visual parecia saído do cultuado musical The Rocky Horror Picture Show.

Leave a comment

No comments yet.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s