¡Ay, caramba!

Se você pensa que a coisa mais tosca já produzida pelos mexicanos foi o episódio do Chapolin com os “aerolitos”, aquelas pedras de isopor flutuantes, precisa conhecer a cinematografia B do país, que virou tema da mostra Aztec Mummies and Martian Invaders!: Mexican Sci-Fi Classics, exibida este mês na UCLA, Universidade da Califórnia, em Los Angeles, EUA.

A programação resgata produções das décadas de 1940, 50 e 60, como La Nave de los Monstruos, dirigido por Rogelio A. Gonzalez em 1959, sobre duas belas astronautas venusianas, Beta e Gama, que em busca de um espécime masculino para garantir a sobrevivência de seu povo, após a morte do último homem de Vênus, vão parar na cidade de Chihuahua, México. Ah, em sua nave elas trazem os monstros espaciais do título, óbvio! Confira um trecho abaixo.

O blog Underwire, da revista americana “Wired”, traz mais informações sobre a mostra.

1 Comment

  1. Ai japs, esse filme é trash e talz, so mais o “las manos”, po ontem eu vi aquele filme do papai noel em marte, obra prima!! so faltou uma trilha sonora feita pelo misfits e os gritos histericos do danzig, estaile total!
    Bjunda!

    Pedro


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s